, , , , ,

Um livro infantil que promete fazer seu filho dormir (eu testei e conto tudo sobre ele!)

Já imaginou se você lesse uma história para seu filho todas as noites, e, no meio do enredo, seu filho dormisse? De forma natural, sem que você precisasse se estressar, balançar, cantar, nada? Pois no post de hoje eu trago uma dica que pode ser útil para algumas mamães (eu fiz o teste por aqui e conto para vocês, a seguir, o que aconteceu!): o livro “O coelhinho que queria dormir”.

O livro foi escrito pelo terapeuta sueco Carl-Johan Forssén Ehrli, inicialmente de forma independente. Até que virou febre nos Estados Unidos e Inglaterra (o que me faz pressupor que ele funcione, pelo menos para algumas crianças), e passou a ser editado no mundo inteiro. Na história, o coelho Roger está muito cansado, mas não consegue dormir. Até que sua mãe decide levá-lo por um caminho longo até o Senhor dos Bocejos, que guarda um segredo certeiro para fazê-lo adormecer.

O interessante do texto é que o autor indica para o leitor (a mamãe, o papai, os avós – ou seja, quem ficou com a difícil tarefa de fazer o pequeno pegar no sono) a entonação certa das palavras. Por vezes, pede para falar baixinho, em outras, para dar ênfase em alguma parte específica (em geral em trechos que falam sobre SONO, CANSAÇO, FECHAR OS OLHOS). Você também se pegará bocejando durante a leitura, justamente para ajudar na indução do sono do filhote!

Vale contar também que o livro chegou ao topo das vendas do maior site de vendas online dos Estados Unidos: a Amazon! E que muitos comentários deixados ali registram a fala de pais que afirmam que o processo de fazer o filho dormir ficou muito mais curto, com a ajuda do coelhinho!

Mas é claro que vocês devem estar se perguntando se, por aqui, o livro deu resultado! E sendo bastante sincera: Catarina resistiu bravamente até o fim da história, sem dormir (a maioria das mamães dizem que seus filhos dormiram durante a leitura. Aqui não aconteceu nas vezes em que tentamos!). Eu já estava quase virando os olhos (porque a história parece não terminar nunca! Leva uns vinte minutos até que você leia tudo!), e a pequena ali, curiosa para que eu lesse o final!

Como Catarina é a criança mais resistente ao sono que eu já vi, minha conclusão até o momento é que o livro não faz milagre, mas pode ajudar, sim. Pensando racionalmente a técnica faz todo o sentido – mas se você tem um pequenino em casa que é tão teimoso para dormir quanto minha filha, vai precisar de vários coelhinhos para te ajudar!

O coelhinho que queria dormir
Autor: Carl-Johan Forssén Ehrli
Editora: Companhia das Letrinhas
Idade para a qual eu recomendo a leitura: a partir de 2 anos